Busca

Ciências Econômicas

No final da década de 1930, um grupo de professores da então Escola De Plácido e Silva criaram a Faculdade de Ciências Econômicas do Paraná, lançando, assim, um dos primeiros cursos de Economia do Brasil e o primeiro curso de Economia do estado do Paraná.

A Faculdade de Ciências Econômicas do Paraná foi criada em 15 de novembro de 1937, ministrando o Curso Superior de Administração e Finanças, transformando-se, em 1945, pelo Decreto – Lei nº. 7.988/4,5, no Curso de Ciências Econômicas, sendo a primeira Instituição de Educação Superior na área de Economia no Estado do Paraná.

O curso de Ciências Econômicas da faculdade FESP alinha tradição e contemporaneidade.

O departamento de economia conta hoje com 22 professores, sendo sete doutores (32%) e quatorze mestres (64%) que lecionam nas áreas de: Teoria Econômica, Economia Aplicada, Economia Comportamental, Econometria, Finanças, História Econômica, Escola Austríaca e Ciência de Dados.

PROFISSIONAL DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

O profissional de Economia formado pela faculdade FESP possui ampla formação alicerçada em teoria econômica base (microeconomia, macroeconomia e finanças) e métodos quantitativos (econometria, aprendizagem de máquina e ciência de dados). Nesse quesito, a matriz do curso se alinha às novas tendências de mercado, que busca um profissional mais alinhado às práticas de análise e modelagem de dados. A sólida formação teórico-quantitativa é o que torna os nossos estudantes tão especiais.

CAMPO DE ATUAÇÃO

Devido à enorme procura por profissionais ligados à Ciência de Dados, o economista desempenha um papel de relevo. Nesse sentido, o profissional de Ciências Econômicas pode atuar tanto na esfera privada quanto na esfera pública.

Na esfera pública há atraentes carreiras para os economistas em instituições como Tesouro Nacional, Receita Federal, Banco Central, BNDES, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, CVM, SUSEP, PREVIC, Tribunais de Contas (da União, dos Estados e de alguns Municípios), Agências de Fomento, Concessionárias de Serviços Públicos, Agências Reguladoras Federais e Estaduais (ANEEL, ANATEL, ANP, ANA), Tribunais de Justiça e Órgãos de Pesquisa e Planejamento (IPEA, IBGE, IPARDES, FEE, dentre outros).

Na esfera privada, o economista pode atuar na construção e execução de projetos de data analytics em bancos, seguradoras, financeiras e corretoras de títulos e valores.

Destaca-se ainda o promissor mercado de trabalho para as atividades de consultoria em áreas como análise econômico-financeira de investimentos, valuation, viabilidade de processos de fusões e aquisições, reestruturação de passivos, fontes de financiamentos para projetos agroindustriais e de infraestrutura, perícia, arbitramentos, auditorias e recálculo de contratos.

 

Matriz Curricular

.

Fazer Download

Duração

4 Anos

Carga Horária

3.000 horas

Período

Noturno

Mensalidade

Prouni 50%: R$ 630,00

*Este valor já contempla o desconto de 44,50%, referente a Bolsa FESP, não sendo cumulativos a outros descontos.

**O valor bruto das mensalidades para este curso, sem os descontos é de R$ 1.260,00.

***Valores válidos para turmas iniciadas em 2020

Vestibular Verão 2020

O Vestibular Verão 2020 da FESP está aberto! Clique no botão abaixo para agendar sua prova.

INSCREVA-SE AQUI