CPA - Comissão Própria de Avaliação

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da FESP é o órgão responsável por coordenar os processos internos de avaliação institucional em observância às 10 dimensões do SINAES, por meio das seis fases do processo de avaliação.

A CPA da FESP foi constituída em setembro/2004.

Em setembro/2005, por meio da Resolução 09/2005, houve substituição de alguns de seus integrantes.

Em fevereiro/2006, por meio da Resolução 003/2006 do Instituto de Ciências Sociais do Paraná (ICSP), foi revogada a Resolução anterior, com nova substituição de parte dos integrantes da CPA.

Em fevereiro/2013, por meio da Resolução 07/2013 e 11/2013 houve substituição da presidência da comissão.

Em abril/2013, por meio da Resolução 11/2013 houve substituição de alguns integrantes da comissão.

Em agosto/2013, por meio da Resolução 24/2013 houve substituição de um integrante da comissão.

Estrutura

Coordenador
Prof. Gil Marcos Ferraro

Representante do Corpo Docente
Prof. Alberto Possetti

Representante da Sociedade Civil
Sérgio Luiz Fernandes

Representante da Diretoria Acadêmica
Prof.ª Adelaide Marina La Banca

Representante do Corpo Técnico Administrativo
Rodrigo Aparecido dos Santos

Representante do Corpo Discente
Danielly Cristina Uliano

Regulamento

Clique aqui e acesse o regulamento da CPA.

Cronograma

Clique aqui e acesse o Cronograma par 2018.

Planejamento

A autoavaliação caracteriza-se por um processo de caráter diagnóstico e formativo mediante o qual a instituição, com a participação de todos os segmentos institucionais analisa-se internamente na perspectiva de relacionar o que efetivamente é com o que deseja ser, de refletir sobre suas realizações, sobre como se organiza, se governa e atua.

Observada a missão institucional da Faculdade de Educação Superior do Paraná (FESPPR), a autoavaliação tem, com base no SINAES, dois grandes objetivos:

1. Avaliar a IES como uma totalidade integrada de modo a possibilitar a autoanálise valorativa da coerência entre a missão e as políticas institucionais realizadas, visando à melhoria da qualidade acadêmica e ao desenvolvimento institucional.

2. Privilegiar e desenvolver a cultura de autoavaliação e sua prática educativa para gerar, nos membros da comunidade acadêmica, autoconsciência de suas qualidades, problemas e desafios para o presente e o futuro, estabelecendo mecanismos institucionalizados e participativos para a sua realização.

Atas

Clique aqui e acesse a 40ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 41ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 42ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 43ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 44ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 45ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 46ª Ata da CPA.

Clique aqui e acesse a 47ª Ata da CPA.